Qualidade de Vida na Austrália

O que para brasileiros outrora parecia um sonho distante, morar no exterior faz despertar cada vez mais interesse na população em busca de desenvolvimento, oportunidades profissionais e melhores condições de qualidade de vida.

O Reputation Institute, é uma companhia norte-americana de pesquisa e consultoria reputacional dos melhores países para se morar, trabalhar e estudar.

Segundo o ranking fornecido pela Reputation Institute, a Austrália se destaca como um dos destinos mais procurados por brasileiros em razão de seus aspectos econômicos, políticos e naturais.

Assim como no Brasil, a Austrália possui um clima temperado e atrai grande concentração de brasileiros por toda a sua extensão.

Existem diversas agências especializadas em migração e intercâmbio de brasileiros para a Austrália, que assessoram profissionais e estudantes que desejam compreender mais sobre a legalidade na cidade pretendida.

Os estados do norte têm clima abrasador, porém em contrapartida os estados do sul garantem invernos mais rigorosos.

Não podemos deixar de citar os aspectos naturais espalhados ao longo de toda a sua extensão territorial, como parques, reservas naturais e praias, que garantem boas condições para a prática de esportes.

 

Economia na Austrália 

O grande volume de produtos alimentícios, minerais e principalmente de petróleo exportado, torna o dólar australiano cada vez mais sólido. O baixo custo de vida entre os países de língua inglesa e a média salarial australiana anual de $45.640 da Austrália, garantem o seu posicionamento no rankting.

 

Estudar e trabalhar na Austrália

Para quem está em busca de aperfeiçoar o idioma, o país possui cursos que vão de níveis básicos até os mais avançados, com o foco no sucesso da realização de testes tais como,Cambridge, IELTS e FCE que oferecem autonomia para ingressar em cursos mais específicos e especializados, como pós-graduação ou doutorado.

Um dos grandes benefícios de estudar no país é a legalidade de trabalho durante e após o término do curso, pois auxilia o estudante nas despesas de moradia, enquanto promove a integração do estudante com a cultura e a sociedade local. Para tanto, a Austrália possui a obrigatoriedade de visto para ingressar no país, sendo o mais fácil, o visto de estudante e é destinado para pessoas que realizarão cursos com duração mínima de 3 meses e duas semanas, possibilitando o trabalho legal por até 40 horas quinzenais durante o período de estudo no país. Já o Working Holiday Visa, destinado a pessoas entre 18 e 30 anos que desejam experiência profissional, com validade de 12 meses de trabalho em período integral, por até 6 meses em cada empresa/empregador.

Já quer morar na Austrália?

Contrate quem entende de Mudanças Internacionais e está altamente capacitada para atender a sua Mudança.

GInter Mudanças Internacionais

(11) 4208.9600

comercial@ginter.com.br